LEIAM AS LETRAS BRANCAS E VERMELHAS JUNTAS ,DEPOIS SÓ AS VERMELHAS


READ WHITE AND RED LETTERS TOGETHER , THEN ONLY THE RED

Seguidores

New Translator....

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Exibidas


Exibidas

Ela e a Lu me instigam são putas que nuas desfilam
Soltas feito mariposas buscam luz e olhares marginais
São putas com maravilhosos pelos lógico, vaginas
Uma querendo o desafio que a outra lança dentes clorofila
Boqueteiras  sem falos, nuas almejam toda prova clítoriais
Provocativas de capas e somente saltos, nuas no cais e gorilas
Ela Lu só pensa em meter rola mesmo de borracha atrás
E Mari que ver onde isso vai dar paixão a refaz, especiais
Então se solta e pra cama volta, deixe ela pensar, em ser rapaz
Pois Angela sabe bem como pode ver a puta na pupila
Então boca na buceta peluda cola e tira gozo e gritos
Pois mordisca e se faz tempero de loucas entre coxas
Uma luta de orgasmos e vadias que se renova num beijo
De um lado a Lu que ama e diz tudo do outro a puta
Você se diz inteira e com dedos enfiados dominante se faz

Almeida Lucius™
06/11/2016

Serie DOIS PUTOS 01



Releitura de


terça-feira, 8 de novembro de 2016

Quente Sodomita


Quente Sodomita

Tu és que faz e atinge quem provoca e excita
Você é quem dita minha pegada e não me evita
Tu és que pirada babando toda molhada acredita
Você me beija, me lambe, provoca sou troglodita

Eu que me sirvo da tua pele suave, bunda bendita
Enfio língua nas curvas e vales, na tua vulva permita
Deslizo para mais dentro beijo grego e tu grita
Desenho com os dedos tua buceta afrodita

Tu és quem suga e chupa o pescoço, boca bonita
Você revela os seios, mamilos rijos de uma senhorita
Tu és que se abre beijando, querendo falo que te visita
Você recebe inteiro dentro de ti com movimento, repita

Eu lobo mal desço e subo entre coxas meu pau orbita
Aprofundando na tua vulva separando lábios são pepitas
Em ti sem permissão eu habito, quero mel de santa carmelita
Assim faço e desfaço você geme e no teu cu dedo dita

Tu és só loucura em cio puxa cabelos, não resista
Você quer tudo ao mesmo tempo goza explicita
Tu és fêmea perene de cio transbordando, rabo recita
Você se torna parte de mim, suados e febris sodomita

Almeida Lucius™
18/08/2016
Para Helena Thiesen

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Dois Putos

Dois Putos

Sou um dos putos que a tua nudez aprecia
Mas não para me punhetar, mas sim ver
E com tesão admirar tuas curvas e nuances
Tua vulva em pelo vivo e negro talvez, me excitar
Deixar as fantasias não da Rainha, mas da mulher
Que em ti sei que habita e faz do teu corpo lar
Degustar os teus sabores os mais regulares
Aqueles que afloram da fêmea com um par
Deixar te chupar até teu orgasmo soltar
Teu mel de puta que tu trazes e sabe bem usar
Adoro ver teu olhar de quem tem muito a doar
Ser vadia é uma arte que você abusa ao trepar
Não sou nem tenho idade para lamber e outro ter
Gosto e aprecio o estilo que tens deve amar ao entregar
Mas uma entrega de puta para puto, e esse te penetrar
Nada de pressa nem chicote, só tuas mãos a carinhar
Mas uma sodomia eu em ti faria regular

Almeida Lucius™
18/08/2016

Para Mariangela (link)


segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Leoa da Tarde

Leoa da Tarde

O que você quer é ter tua buceta coberta de beijos
Mas beijos safados e não só dar prazer, o que tu queres
Na realidade e sentir que entre tuas coxas a vida pode
Entrar e sair de forma deliciosa, de uma língua felina
De um tato agudo que entra e sai sem ferir, vai doer
Às vezes aquela dor que atinge teu ponto G, tu mereces
Receber um falo grosso e generoso, devagar a torturar
Vais pedir, enfia sem dó pois preciso e vou gritar
Leoa deve ser descoberta e por um macho, coberta
Boca que chupa lábios melados, querendo falar
Dedo nesse cu rebola em orgasmos múltiplos
Geme, xinga vem que quero trepar

Almeida Lucius™
05/08/2016


quinta-feira, 28 de julho de 2016

Sedutora Anne



Revelo meu corpo ao luar 
Minha nudez merece ser mais do que vista 
Minha nudez merece ser sentida
E sob a magia da lua 
Sinto tuas carícias em minha pele nua 
Sinto a tua intenção de provocar a minha libido
De sussurrar em meu ouvido
Sussurros de desejos proibidos
Revelo meu corpo sob o luar 
Minha nudez quero que aprecie em cada detalhe 
Minha pele nua quer ser tocada com vontade, com desejo e paixão
Porque sob a luz da lua 
Porque minha nudez deseja provocar a sua libido 
Revelo meu corpo sob o luar 
Quero sentir a tua pele nua 
Quero descobrir em tua pele nua 
Todos os teus segredos que seu olhar oculta
Quero que descubra todos os segredos que o meu olhar oculta 
Os mistérios que o meu olhar de menina mulher esconde
Quero em minha pele nua sob o luar 
Que descubras os meus desejos mais obscenos 
Os meus desejos mais intensos e profundos 
Que encontre em minha alma pecaminosa 
Redima toda a minha luxúria em sua alma pecaminosa 
De pecados capitais da minha carne nua 
Sob a luz da lua 
Desvendo toda a minha nudez desejada, sonhada 
E num encaixe perfeito do seu corpo no meu 
Revelo meus desejos e vontades 
Mostro meus pecados mais profanos 
Mostro meu lado mais humano, meu lado mulher 
E sob o luar nos tornamos um só 
Uma só carne, uma só alma, um só coração
Nesse auge de prazer e querer 
Meu olhar revela no teu olhar
Lhe mostro que há muito de querer-te em mim 
Lhe revelo que há muito de você em mim. 

Em 22 de julho de 2016

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Beijo Greco e Anal


Beijo Greco e Anal

Vou passando a língua na nuca e deixando você ferver
Viro-te de frente e a língua aguda desce até mamilos, ainda verde
Quero lamber e deixar melado, quero morder e deixar acender
Tua luxuria e toda a fêmea que se contorce e me deixa arder
Nosso tesão fica claro e olhos semicerrados a bendizer
Vou levando a língua no umbigo e alcanço tua buceta colher
Teu orgasmo para deixar minha boca melada do teu prazer
Assim enfio a ponta da língua no teu cu que vou comer
Degusto cada centímetro enfiando o máximo vou conhecer
Seus sabores e da buceta escorre mais mel a corresponder
Então chega hora de levar meu pau para dentro vai doer
Mas só no começo depois entra e sai fácil de esconder
E você massageia de um jeito só para não interromper

Almeida Lucius™
13/07/2016


domingo, 10 de julho de 2016

Shibari é Prazer


Shibari é Prazer

Na imobilidade dessa arte, Shibari é prazer
Teu corpo se contorce e deixa a fêmea exposta
Fácil de usar e ser tocada de muitas formas
Servindo o teu Mestre sem limites, com gemidos
Pois confia em quem treinou e sabe o ponto
Em que teus grunhidos anunciam a dor em flor
Sabes que dedos e o pau na boca vai sorver
Tem na mente só o prazer de sentir tua vulva derreter
Servir se expressar vibrante e não pode reagir
E entres as tuas coxas o gozo escorre e satisfeito
Seu senhor faz que limpe cada gota na boca
Que é delicia e o pau engole, pois é para uso devido
E a cada dia é mais bela e servil e toda imoral
Como submissa é serva feliz e ama teu Mestre

Almeida Lucius™
06/07/2016



terça-feira, 5 de julho de 2016

Três na Cama



Três na Cama

Ela tocava com os dedos os lábios da buceta do nosso amor
Nosso amor era de pele clara e se deixava sentir inteira
Pedia mais dedos e as duas bocas era eu o único homem
Eram elas as mulheres que se dedicava ao prazer mutuo
Deixando os mamilos tesos e a caídos na minha boca
Uma morena que se mantem fiel a nos dois e sedução pura
Sabe agradar e calar, sabe se submeter e deixa eu meter
Em cada pedaço de pele a luxuria sabe explorar da outra
Prepara a doce e rosada buceta para que eu e ela entremos
Elas com dois dedos eu com meu pau, que com a língua
Ajuda a penetrar e ai um dedo enfia no cu do nosso amor
Que se contorce e se alarga e recebe com amor e prazer
O tesão explode em forma de gozo, que você sorve
Pelos dedos e boca absorve...
Almeida Lucius™
05/07/2016

Para  ! ! sedúceme ! ! (* lilium *)

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Dama & Vadia

Dama &  Vadia

Nos momentos sociais é dama e roupas sensuais
Para mostrar o quanto é luxuria e mostra o corpo
Na cama é solta, feito loba sedenta que desliza
Os lábios de seda e veludo vermelho no meu pau
Com a língua lambe e deixa duro e ereto
Devagar engole todo com prazer de vadia
Fazendo que meu pau voe no céu da boca
E as veias latejando de prazer e tezesão melado
Suga como uma fera, num filme língua elétrica
Na cabeça sabe fazer esticar e ferver
Querendo receber o liquido morno e leitoso
E o clímax vai se aproximando e a gulosa boca
Que não deixa nada ser desperdiçado e assim
E a boca e garganta cheia de porra, engole e goza

Almeida Lucius™
30/06/2016
Para 1ManView

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Fazendo parte


Ler ouvindo essa musica
Read listening to this music

Fazendo parte

Definitivamente você de 4 quero te chupar
Pois assim ganho o direito de só eu beber-te
Quero sentir os sabores do do grelo, lábios e rabo
Enfiar língua onde os hipócritas dizem ser pecado
Minha língua muito marginal espaldada e larga
Deslisar suavemente e com a ponta os toques
Boca sedente sorve o que de ti escorre com gemidos
E você solta a perversa que já não é mais contida
E o corpo se contorce em resposta com palavras santas
  
Vira que eu quero sodomia, pois não esta mais fria

Ferve e deixa a luxuria dominar, abre as coxas de frente
Beija minha boca melada com vontade de vadia ardente
Escorrega devagar deixa eu sentir a cabeça do pau invadir
E agora torturando sem por nem tirar, nos mamilos fixo
Meus lábios brincam em um e o outro os dedos beliscam
Gemidos de mulher bem madura e não resistente
No meu ouvido palavrões, sou puto, marginal atrevido
E dentro do teu cu trepo e te sinto mais contrações
Beijos colados e orgasmos múltiplos e coloridos
Vem enlaça as pernas na minha cintura e vou fundo
Tua buceta roça chorando mel no meu umbigo
Teu corpo agora é sempre do meu pau abrigo

Almeida Lucius™ 
23/09/2014

Para Simone Reis

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Visitante - Visitor - Vizitator - Visiteur