LEIAM AS LETRAS BRANCAS E VERMELHAS JUNTAS ,DEPOIS SÓ AS VERMELHAS


READ WHITE AND RED LETTERS TOGETHER , THEN ONLY THE RED

Seguidores

New Translator....

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

As duas Musas(Primeiro ato)

As duas Musas(Primeiro ato)

Ela vem para uma viagem de sabor
Ela não se segura, tem na mente
Desejos e luxuria fica úmida
Sem pelos só lindos e loiros
Cabelos, muitos apelos
Seios maravilhosos, com biquinhos
Que sempre em pé avisam
Aqui a sensibilidade é visível
Tem no pensamento a amiga
Que tem na pele morena
Alvo e ansiedade, juntas beldades
Ela quer descobrir o sabor
Pois fica louca em saber
Que terá abrigo naquela flor
Perfume de mulher que vadia
Na hora do sexo com um par
Aproxima-se a cada hora
De fazer a boca da morena, lar
Mesmo que por um fim de semana
Mas que seja eterno enquanto dure
Ela sabe fazer muito bem uma bela
nos beijos onde o corpo se revela
Suavidade de menina-moça emprega
Não precisa dizer nada passa tudo
De boca a boca, a dela é exuberante
Excita como que queima na fogueira
Sabe se fazer lenha em casa com lareira
E a morena é de codinome a mais bela
E sedutora lareira, onde vai queimar
Entre elas isso é amar, sexo com paixão
Mas também tem a libido da morena
Que não para de sentir o corpo em fremido
Ela sabe que a loirinha vem chegando
E assim o ser fica tremendo, pois na boca
Que é carnuda também te um lugar, um abrigo
Para quem vem de viagem, sabor e ardor
Sente que ali vai ter luxuria, bundinha redonda
E nos seios fartos colar, mamilos se tocam no ar
Mas ainda estão vestidas, na imaginação sexy
Cada uma mais bela que a outra, se completam
São juntas obras-primas da natureza
Não são puras, nem profanas só teem
No sexo o prazer de viver e gozarem
Como meninas-moças e fantásticas e plenas
E tudo isso na cabeça de mulheres inteiras

Almeida Lucius™
25/08/2010
  

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Leonina no cio


Leonina no cio

Já que há uma palpitação
Já que tem no ar excitação
Venho com meu tesão
Em letras que são úmidas
Pois vou ser também um puto
E na tua boca com esse cio
Vou estacionar meu pau
Que mais duro, vai e vem
Animal abocanhado indefeso
Mais pulsando e veias cheias
Quem é que fica louco?
Essas coxas!
Você que se mostra uma lady
Que sabe bem tratar uma glande
Eu que sou safado e visito
Do céu da boca a garganta
A tua língua que parece bicho vivo
Tua boca que suga o corpo inteiro
Com vontade e luxuria de rameira
Ou meu pau que agora é ser pensante
E se aproveita de ti como marginal
E nela quer deixar um leite quente
E ver como um caolho, você!
Engolindo néctar


Almeida Lucius™
02/12/2010

Imagens escolhida pela LadySiri








quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Boca cheia

Boca cheia

Vem saciar tua sede
Pois me deixa alucinado
Esse teu gostoso desejo
Vem lamber e chupar
Traz tua boca safada
Deixa meu pau entrar
Na língua deslizar
E escute meu gemido
Coisa de bicho sem sentido
Que você foi dentro buscar
Só de ver tua boca chegar
Me atiça todos os pelos
E deixa eu pedindo apelos
Quero que deguste os sabor
De macho derretendo
E na tua boca sofrendo
Não de dor, mais de grosso!
E intimo prazer
Agora explosão de gozo
Leitoso e viscoso
Quente inunda tua língua
E tu engoli com desejo
Nada vai se perder
Vem meu louco querer

Almeida Lucius™
18/11/2010



LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Visitante - Visitor - Vizitator - Visiteur